Select Menu

Slider

Cidade

Esportes

Educação

Saúde

Publicidade

Polícia

» » » » » Os filmes da Capital que retratam a vida real, mas não foram indicados ao Oscar
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nova Lima – bairro bastante famoso no Passeando em Campo Grande, virou filme com o lema: se ficar o bicho pega, se correr o bicho come. Na verdade não tem pra onde correr... Melhor encontrar o Mano Tensão nos corredores para tentar uma proteção. O filme merecia ser pelo menos indicado ao Oscar, devido ao cenário criado e vivido pela população.


Nhanhá – mais conhecido como bairro do Pablo Escobar, senhor do tráfico. Lá tudo acontece: muita treta, vixe. Não pôde ser indicado como filme, pois é uma série, assim como é o bairro na vida real, com capítulos diários, numa interminável negociação nas bocas.



Moreninhas – bem afastada do Centro da capital, é considerada uma Cidade dentro da Capital. Assim como o filme Jogos Mortais, a Moreninha foi dividida em diversas partes: 1, 2, 3 e 4.





Noroeste – e para fechar nossa série de filmes que mereciam OSCAR, mas ficaram de fora, temos o Noroeste. Análogo ao Carandirú, pois tem um presídio de segurança máxima. O bairro foi se formando pela família dos presidiários, e hoje tem uma grande infra-estrutura. Noroeste é famoso por já ter tido como “morador” Fernandinho Beira-Mar e Juan Carlos Abadia (colombiano).




Outros filmes:












«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Deixe um Comentário