Select Menu

Slider

Cidade

Esportes

Educação

Saúde

Publicidade

Polícia

» » » » » » » » FEIJÃO CATAME SE PRONUNCIA E EXPLICA A RESPEITO DA MERCADORIA TOMADA PELO CARUNCHO
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Na tarde da ultima quinta-feira, 09/04/2015, foram apreendidas 23 toneladas de feijão da marca CATAME na capital. A apreensão se deu após a denúncia de Maria do Carmo Fonseca, dona de casa, que foi cozinhar o feijão e encontrou caruncho em todo o pacote.
 A indústria responsável pela produção e distribuição do cereal informou que não tem nada de errado com o lote aprendido, segundo João Fernando Mascarenhas, proprietário/diretor da indústria.
João afirmou ainda que: “nenhum consumidor está sendo lesado. Está escrito na embalagem do produto, com letras garrafais: CATAME.” João explicou que a marca não via a necessidade de colocar apóstrofo no nome da marca, que significa CATA-ME: “Ou seja, o feijão deve que ser CATADO, escolhido! Se fosse para ser limpo e pronto para despejar na panela, se chamaria: COZINHEME”.

 Os responsáveis pelo produto analisam possibilidades de adequação do nome do produto. Já Maria do Carmo, consumidora que se sentiu enganada, pretende abrir processo contra a marca, abriu reclamação em site especializado em denúncias contra empresas e aguarda providências das autoridades responsáveis.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Deixe um Comentário